Évora é um cidade murada no coração do Alentejo. Herdeira de um rico e variado patrimônio cultural, foi fundada pelo povo romano, mas é habitada desde a pré-história.

A 1h ao Sul de Lisboa, é uma viagem que vale a pena. Seja de carro, de comboio ou autocarro: simplesmente vá!

Por que ir a Évora

Confesso que subestimamos essa cidade. Não é só por ser histórica e murada que você deveria conhecer Évora. A cidade é cheia de graça e não é tão turística.

Preserva o seu ar bucólico e tem atrações interessantíssimas, além de ter um ar super agradável para passear, comer e, porque não, comprar.

É também uma cidade universitária. E mais: já foi residência da família real!

O que visitar em Évora

Há tanto o que fazer que se você gostar de um turismo slow travel terá que estender a sua estadia por mais do que 1 dia. Caso você queira fazer uma visita intensa e conhecer os principais pontos, viaje cedo e apresse o passo.

Praça do Giraldo

Prac?a do Giraldo E?vora

Chegando à cidade, a partir das suas muralhas, caminhe até a Praça do Giraldo – a praça central da cidade. Construída em 1571, ela tem seu nome em homenagem a um nobre combatente, Geraldo, que reconquistou Évora do domínio dos mouros.

O que você vai encontrar por lá?

  • Bons restaurantes
  • Cafés com esplanada
  • Ponto de informação turística - onde se pode pegar um bom mapa da cidade
  • Provavelmente algum evento, seja um mercado, um grande concerto ou um músico de rua a embalar a atmosfera do local.

Largo do Conde de Vila Flor

Da Praça do Giraldo poderá ir até o Largo do Conde de Vila Flor. Esta foi a praça principal ou fórum da cidade na época do Império Romano.

O Largo está rodeado pelas principais atrações de Évora, o que faz desse ponto um lugar especial para se ter uma visão ampla dessas atrações.

O que você verá do Largo?

  • Templo Romano
  • Jardim Diana, com seu miradouro para a paisagem do Alentejo
  • Museu de Évora
  • Biblioteca
  • Convento
  • Igreja dos Lóios
  • Catedral de Évora

Jardim Diana

Jardim Diana Évora

O Jardim é um refúgio de verde e flores junto a tanta pedra histórica. Faça um bem para si: sente-se nos bancos do Jardim Diana, respire um ar puro e admire o contraste desse cenário com o Templo Romano logo a frente.

Templo Romano

Tempo Romano de Évora

Temos aqui um testemunho vivo da história, que nos leva para o século 1 d.C.. O Templo, reconhecido como Patrimônio Mundial pela Unesco, foi construído em homenagem ao imperador romano César Augusto e provavelmente destruído no século V, quando da invasão dos povos germânicos. 

Foram 18 colunas coríntias que sobraram e que parecem intactas. 

O Templo Romano com a Catedral ao fundo é, sem dúvida, um dos melhores ângulos de Évora.

Planejar sua viagem pode ser incrível

A Curadoria de Viagem é um Planejamento de Viagem elaborado exclusivamente para você. Tenha as melhores dicas na palma da mão a partir de R$300.

Catedral de Évora

O ápice de Évora, para nós, está em sua Catedral. Construída no século XIII no estilo gótico-românico, essa é a maior catedral medieval do país.

vista de cima da catedral de évora

#DicaEasy

Nem pense em visitar Évora e não ir à sua Catedral, andar pelos seu claustros e subir até o topo para ter a melhor vista da cidade e tirar as melhores fotografias.

O ingresso é pago. São 3,50€ para entrar na Catedral, ir aos Claustros e ter acesso ao topo do monumento. Se quiser acesso também ao museu, acresce 1€, totalizando 4,50€.

Todos os dias, das 09h00 às 17h00 (última entrada às 16h30)

Igreja de São Francisco e Capela dos Ossos

capela dos ossos évora

Para o outro extremo das muralhas ficam a Igreja de São Francisco e a Capela dos Ossos.

Capela dos Ossos: Construída no período em que Portugal foi anexado pela Espanha, essa capela oferece ao visitante uma experiência impactante! À entrada já se avisa: “Nós ossos que aqui estamos, pelos vossos esperamos”. É um convite à reflexão da efemeridade da vida humana. Por dentro você verá que a capela é toda revestida por ossos e crânios humanos. O ingresso é pago.

Igreja de São Francisco: Anterior à capela, a Igreja foi construída em estilo Gótico Manuelino e dizem as lendas que testemunhou o sepultamento de Gil Vicente e a origem da Ordem Franciscana.

Os bilhetes custam 5€. Jovens até 25 anos e maiores de 65 têm desconto.

horário de verão: das 09h às 18h30 (última entrada) hora de inverno: das 09h às 17h (última entrada)

  • Vai viajar e ainda não tem um Seguro Viagem? Faça a cotação online com a Porto Seguro .
  • Quer facilitar a sua locomoção na próxima viagem? Alugue um carro na Avis.
  • Transferência internacional com as taxas mais baixas do mercado e +10% de desconto? Use o Remessa Online com o cupom EASYPORTUGAL.
Categorias: Visitar Portugal