O Mosteiro da Batalha é uma daquelas atrações que você não consegue tirar os olhos. A obra é resultado de uma promessa feita pelo rei D. João I em agradecimento à Virgem Maria pela vitória na batalha de Aljubarrota. A vitória sobre os rivais castelhanos, em 14 de agosto de 1385, garantiu a independência de Portugal e também o trono à D. João.

Mosteiro da Batalha

Essa construção de estilo Manuelino (ou gótico português tardio) fica localizada na vila de Batalha, na região do Centro de Portugal. A vila, por sua vez, foi fundada devido ao Mosteiro, em 1500. Daí o nome Batalha!

mosteiro da batalha portugal

Logo no início, a edificação foi doada à ordem de S. Domingos, com quem ficou em posse até a extinção das ordens religiosas, em 1834.

Desde 1983, o Mosteiro da Batalha integra a lista dos quase 20 monumentos portugueses considerados Patrimônio da Humanidade pela UNESCO. Recebe também o título de Monumento Nacional, Panteão Nacional e foi eleito como uma das Sete Maravilhas de Portugal.

Integram o monumento: uma igreja, dois claustros, dois panteões reais, a Capela do Fundador e as famosas Capelas Imperfeitas.

O nome oficial do Mosteiro da Batalha é Mosteiro de Santa Maria da Vitória. A construção teve início em 1386 e levou quase dois séculos para ser concluída, o que aconteceu por volta de 1563.

Importância por trás do Mosteiro da Batalha

mosteiro da batalha exterior

A imponência dessa construção não está somente na comemoração da vitória sobre os castelhanos.

O Mosteiro da Batalha é símbolo da autonomia de um reino. Isso porque houve muitos obstáculos até que D. João I tivesse direito ao trono – como a oposição de seus meio-irmãos e de sua sobrinha. Além disso, a relação, na época, com o Reino de Castela era problemática.

A construção do Mosteiro marca a legitimação de D. João I no poder e o início da Dinastia de Avis. Legitima o poder, o dinheiro e a vitória.

Dinastia de Avis

Foi a segunda dinastia a reinar em Portugal, entre 1385 e 1581. Sua ascensão foi após a vitória na batalha de Aljubarrota, com D. João I no poder.

Capela do Fundador

capela do fundador mosteiro da batalha

Ela não estava prevista no projeto, inicialmente. A Capela foi demanda de D. João I, com intenção de ter um panteão familiar.

Devido aos quase 200 anos de obras para a construção do Mosteiro, os estilos arquitetônicos acabaram se misturando. Acrescido a isso, o espaço sofreu alterações por causa do terremoto de 1755 e pela invasão das tropas francesas em 1810. A Capela do Fundador, hoje, tem muito pouco de quando foi construída.

Capelas Imperfeitas

capelas imperfeitas mosteiro da batalha

É o segundo panteão do Mosteiro da Batalha. Foi construída por encomenda do rei D. Duarte, filho de D. João I, que seguiu um desejo expresso em testamento: ter o seu próprio espaço funerário.

O espaço nunca foi terminado. Por isso a designação de Capelas Imperfeitas ao panteão nomeado, oficialmente, D. Duarte. O motivo da construção inacabada foi a morte de D. Duarte quatro anos após o início do projeto.

Soldado Desconhecido

O Mosteiro da Batalha guarda o túmulo de dois Soldados Desconhecidos. A denominação surgiu após o fim da Primeira Guerra Mundial, quando países decidiram homenagear os soldados cujos corpos não haviam sido identificados.

Os túmulos dos Soldados, vindos da França e da África, encontram-se guardados por soldados portugueses no interior do Mosteiro.

#DicaEasy

Ao visitar Batalha, não deixe de provar o Pudim da Batalha, doce típico da região, em um café ao redor do Mosteiro

Bilhete Horário
6€ (jovens e idosos têm 50% de desconto)
De 16 de Outubro a 31 de Março: das 9h às 18h (última entrada 17h30).

De 1 de Abril a 15 de Outubro: das 9h às 18h30 (última entrada 18h).
15€ (bilhete conjunto Alcobaça, Batalha e Convento de Cristo)
Grátis (domingos e feriados, até às 14h, para cidadãos residentes em território nacional)

Planejar sua viagem pode ser incrível

A Curadoria de Viagem é um Planejamento de Viagem elaborado exclusivamente para você. Tenha as melhores dicas na palma da mão a partir de R$300.
  • Vai viajar e ainda não tem um Seguro Viagem? Faça a cotação online com a Porto Seguro .
  • Quer facilitar a sua locomoção na próxima viagem? Alugue um carro na Avis.
  • Transferência internacional com as taxas mais baixas do mercado e +10% de desconto? Use o Remessa Online com o cupom EASYPORTUGAL.
Categorias: Visitar Portugal